Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]





I'll Try

por Suicide Girl, em 10.12.16

O meu coração acelera e as palavras fogem por entre tantos caminhos que parecem incompletos.

Nada parece fazer sentido nesta mente que um dia já soube em quem confiar.

Muito tem mudado, e está tudo complicado.

Amizades que se estilhaçaram como um simples vidro, deixando os seus cacos impossíveis de serem colados novamente.

Eu mudei, tal como tu, agora as nossas personalidades parece que se chocam e que se atacam mutuamente, tornando impossível a minha mente estar clara para perceber tudo o que se passa. 

São muitas informações e pequenos detalhes que a minha mente vai apanhando com o tempo tornando tudo muito confuso e impedindo-me de escrever algo com "cabeça, tronco e membros".

Apanho-me a escrever textos sem nexo no interior da minha mente, coisas que juntas não formam algo que seja apresentável.

Tantos assuntos que queria esclarecer e resumir na minha mente, mas parece que quando tenho vontade de escrever, basta abrir um post novo, que tudo se desvanece.

Sei que já não sou a mesma, aquela rapariga com gosto de escrever num blog, que se sentia bem e gostava de ver tudo esclarecido. Uma rapariga que gostava de deixar tudo claro...

Agora parece que o blog deixou de ser algo que me incentivasse a escrever e passou simplesmente a ser algo que se perdeu na minha memória, sendo capaz de o deixar em branco durante meses a fio. Sinto-me mal por isso, mas por mais que tente, parece que é impossível escrever.

Não me interessa que ninguém leia os meus posts ou até mesmo que tenham deixado de seguir o blog por causa dos longos períodos sem postar, eu entendo, se fosse eu a acompanhar um blog como o meu também tinha perdido o interesse.

Quando comecei o blog, o meu objetivo não foi ganhar conhecimento ou até mesmo "fama", foi a maneira que arranjei de escapar aos pensamentos que me atormentavam, contando episódio que queria guardar para sempre.

Já tive muito blogs, isso posso dizer, e todos acabaram da mesma maneira. Apaguei-os deixando histórias perdidas no tempo, tentado acabar com o que pensava ter sido uma fase.

No meu antigo blog, partilhei pensamentos de uma inocente adolescente que não sabia o que esta nova fase da sua vida lhe ia proporcionar. Partilhei momentos de romance, de tristeza, de amizade, episódios escolares e até os problemas que não contei a ninguém.

Utilizei o blog para deixar os pensamentos claros, mas tudo começou a escurecer e o blog já não me conseguia ajudar a passar aquela fase em que a fome, o sono e a felicidade se foram e a vontade de chorar se apoderou da minha vida, deitando-me ao chão e espancando-me ali.

Várias coisas pensei fazer nessa fase...pensamentos que meteriam medo aos mais corajosos, pensamentos que ninguém merece ter.

Decidi começar este blog na tentativa de atenuar essa dor, mas as coisas pareciam não melhorar. Tratava de arranjar sempre assunto para escrever e afogar aqueles sentimentos. Com o tempo tudo melhorou, parecia ter passado. Tinha os meus dias felizes e os em que sentia-me em baixo, algo normal...

A escola começou e as coisas pareciam ter voltado ao normal, mas acho que me enganei. 

Agora as coisas parecem estar a voltar ao normal. Consegui apagar memórias de certas pessoas, perdoei algumas que pareciam já ter pagado a sua devida pena, aproximei-me de pessoas que nunca pensei que fossem tão fantásticas e afastei-me de outras que me começavam a sufocar. 

Com isto tudo acabei por deixar de ter cabeça para escrever um post que ficasse decente, ou até mesmo que fosse diferente.

Sinto que me desiludi a mim mesma por ter deixado outra vez este refugio de lado.

Gostava de prometer que não volta a acontecer e que eu vou começar a postar outra vez, mas isso é algo que eu não consigo prometer...

O máximo que posso fazer é tentar...

Suicide Girl

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Mensagens



Mais sobre mim

foto do autor