Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]





I'm Just a Lonely Girl

por Suicide Girl, em 13.11.16

Muito tempo se passou desde que escrevi alguma coisa aqui, bem talvez até esteja a exagerar.

As coisas...parecendo que não mudaram e parece que não parar de mudar tão depressa.

Quando pensava que nada podia piorar vem tudo de mal que me podia acontecer ao mesmo tempo, estarei a exagerar? Talvez sim ou talvez não, isso é algo para vermos daqui para a frente.

Minguem aceita o facto de ser quem sou e de ter mudado, mas isso não importante, as coisas já não são como eram antes e não posso dizer que a culpa é minha.

Quem me quiser aturar vai ter de levar com o meu mau feitio e a minha frieza, o que para muitos é algo difícil de aceitar.

Durante anos foi o tapete de muitas pessoas, mas acho que isso já não acontecer e o medo de que esses papeis se possam inverter faz parte de algumas das pessoas que convivem comigo diariamente.

Sempre me fizeram de parva, mas um dia eu teria de acordar para a vida e ver como as coisas eram na verdade. Esse dia já chegou e esse é o momento que estou a passar. 

Muitas dessas pessoas sentem-se na necessidade de dizer que já não sou a mesma e de que "mudei do dia para a noite"...Talvez se tivessem andado mais atentas tinham-se apercebido mais cedo do que estava a passar.

Talvez isso até seja um pouco verdade, eu mudei do dia para a noite, mas estou contente por isso. Se não tivesse mudado, hoje provavelmente seria o pano de chão para muitas dessas pessoas.

Em menos de um ano muitas coisas mudaram e muitos ainda me vêem como a "coitadinha que não tem amigos".É verdade, talvez eu não tenha amigos, talvez não tenha alguém com quem desabafar e acabe por deitar tudo quando estou sozinha ou até mesmo noutras pessoas, mas isso tem um lado positivo...Quando eu dizia que tinha amigos sentia-me como o pequeno fantoche dessas pessoas. Eu não podia fazer o que queria sem ter de pensar duas vezes para que ninguém saísse magoado. Tinha medo de ficar sozinha e vivia a minha vida refugiada nessas pessoas. Simplesmente, não conseguia ver a minha vida sem ter essas pessoas ao meu lado.

Hoje já não me interessa nada disso, ganhei um pouco de determinação para ver as coisas com os meus olhos e saber o que é ou não bom para. Determinação que me permite saber que caminho quero escolher e não simplesmente dizer "Eu faço o que tu fizeres.". Já não tenho de perguntar a essas pessoas o que acham ou recusar certas coisas porque não quero ir sozinha.

Agora eu não me importo de fazer algo sozinha, não me importo de ficar num canto sem ninguém simplesmente a observar todos os que passam e a pensar em qualquer coisa sem nexo que me distrai a mente.

Sei pensar por mim própria para poder dizer se quero fazer ou não determinada coisa.

Ouvir comentários como "Não tens melhor amiga?" ou "Quem são os teus amigos?" já não me custam tanto como antes, já é algo normal para mim dizer que "amigos" talvez seja uma palavra que não faça parte do meu vocabulário.

Os típicos comentários "Mas vais dizer que elas mudaram assim tão rápido?", já são levados numa boa para mim.

Talvez não seja uma adolescente normal que aos fins de semana tem planos com os amigos ou que vai a festas de anos dos amigos pelo menos uma vez por mês.

Talvez não seja a típica adolescente que chega a casa e pega no telemóvel para falar com os amigos ou até mesmo não vá para casa deles depois das aulas.

Não me considero uma adolescente dita "normal", sou alguém que prefere a solidão, talvez seja a escolha errada, mas é o que acho melhor para mim.

Talvez isso seja a causa de muitos dos meus problemas? Talvez! Mas eu não posso fazer nada quando todas as pessoas que conheces já te traíram pelo menos uma vez.

Conhecer pessoas novas seria uma boa opção, mas digamos que não é o meu forte.

Acho que o melhor é por enquanto ficar assim, na simples solidão do silêncio com o meu simples computador, todos os pensamentos que me atormentam e a minha música que me reconforta...

 

- Suicide Girl

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Mensagens



Mais sobre mim

foto do autor